07/08/2009

Tu é Parenta da Mocreia???

* por Paola Bracho (A Usurpadora)

Gente... preciso desabafar! Se tem uma coisa que eu ODEIO — tá bom, tem várias coisas que eu odeio, mas enfim — é que venham me dizer que viram uma fulanazinha qualquer parecida comigo.

Sério, meu sangue ferve. Me dá vontade de responder: "Vai comprar óculos, cegueta, que aqui não tem clone, não, nem mesmo sósia! Mamãe jogou o molde fora, entendeu??".

Mas, como vivemos num mundo podre e hipócrita, muitas vezes a gente respira fundo, engole seco e finge, com a maior naturalidade, que não ouviu. Ainda se alguém viesse me dizer que eu pareço a Angelina Jolie, eu ficaria menos ofendida, agora, me comparar com essas zé-povinho por aí, não dá!

Bem, introdução feita, relato aqui um dos incontáveis momentos de fúria por que passei nos últimos dias.

Dia desses fui ao banheiro no trabalho — é um lugar grande, com muita gente diferente circulando — e, após satisfazer minha necessidade fisiológica número 1 (leia-se mijar), lavava as mãos tranquilamente quando dois seres escabrosos adentram o banheiro feminino.

Uma delas, a mais macabra, que mais parecia uma assombração supostamente disfarçada de gente, com os cabelos cor amarelo-cocô-de-neném-doente e mais duros que bombril usado um mês a fio, com aquela cara assustadora e aparência de quem pegou fogo e cujo incêndio foi apagado a pauladas, me olhou, com expressão "impressionada", ou qualquer coisa do tipo, e disparou a pergunta, me pegando no susto:

— Você é parente da Vivian?????????????????????????????????????????

E eu, não podendo evitar que os músculos do meu rosto se contorcessem de tal forma a parecer que eu havia acabado de olhar para o próprio Satanás:

— Quem?????????

Monstro:
— A Vivian, da Recepção... você é IGUAL a ela!!!

Eu (com mais cara de enjoo ainda):
— Não...

Na verdade, eu controlei todo meu ódio, respirei tão fundo que quase explodi os pulmões e contei até 25.935 para me acalmar, porque se eu falasse sem pensar, ela ouviria algo mais ou menos do tipo:

— PARENTE??? QUE MANÉ PARENTE O QUE, Ô, FILHOTE DE CRUZ-CREDO!! QUEM TEM PARENTE É VOCÊ, SUA POBRE, BREGA, LAZARENTA! VÊ SE EU TENHO CARA DE PARENTA DE ALGUÉM! EU TENHO CLASSE, ENTENDEU? E NÃO É "CLASSE D", COMO A SUA, PARA SER PARENTA DA FULANA DE TAL... NO MÁXIMO TENHO "FAMILIARES", E ISSO SE EU FOR COM A CARA DELES, AINDA... ARGH! SAI PRA LÁ, ASSOMBRAÇÃO!!
Vê se eu posso com isso! Que infortúnio!







* Paola Bracho descobriu, por azar acaso uma irmã bastarda gêmea, Paulina, e colocou a sonsa em seu lugar, para satisfazer sua luxúria e maldade inatas. Depois, passou a infernizar a vida da boazinha sonsa sem graça e que só usava rosa...

8 comentários:

Dama de Cinzas disse...

ahahaha! Vc escreve de uma forma muito divertida! E eu ando cada vez com menos paciência pra gente! Gente de todos os tipos... rs

Estou até acabando de fazer um posto sobre coisas que odeio... rs

Obrigada pela visita! Vou te adicionar na minha listinha!

Beijocas

Leite disse...

tem certo tipos de gente que não se põe no lugar né??? resta a nós, mulheres de classe, ter que aturá-las. E mais, Paola Bracho arrasava!

TPM Aguda disse...

Por favor, hein.. o próprio capeta de peruca loira, então! E como tem gente sem noção, né? Que ridículo.. tudo que você queria era mijar e se deparou com o ser de curiosidade aguçada demais, que não pode se controlar, teve que se dirigir a quem não conhecia pra proferir uma pergunta absurda.. haja paciência!

L. P.

Desabafando disse...

shahahahahahah.....ri mto! Bom fim de semana!

Flávia Romanelli disse...

Que infortúnio, Funéria! rsrs

Irmãs disse...

Eu também detesto que falem que sou parecida com qq pessoa que não seja da minha família. Uma vez um colega de trabalho veio com com um papinho besta de que eu era parecida com a Luciana Gimenez e eu já soltei: Isso foi um elogio ou uma crítica?

Adoro a Paola Bracho ... temos até uma campanha no blog para que Seu Sílvio volte a exibir A Usurpadora!

Beijos!

Sah

Rê :) disse...

HAUHAUAHUAHA esses dias mesmo pensei nisso! Até pensei em fazer um post sobre isso, porque dizem que tem uma guria muito parecida comigo lá no bairro onde o meu sogro tem loja... e pelo que sei, a guria é uma jumenta, uma anta, só sei que tenho vontade de jogar os pratos em cima de todo mundo quando alguém vem me dizer que tem uma pessoa parecida cmg.

Surto mesmo, é um direito meu oras! Sou original.

Anônimo disse...

Até agora eu gostei muito do seu blog, menos a parte que voce indicou que uma mulher pobre é brega... Isso não é verdade. Uma pessoa pode ter poucos recursos e ser muito chique, pq ser chique não é sinônimo de ter dinheiro e ter classe como você disse que tem também não, pelo contrário, dizer que uma pessoa é brega porque é pobre é completamente inútil e mostra uma completa falta de educação da sua parte que vive num país de terceiro mundo e se acha a rainha da Inglaterra. De certa forma deve ser assim que os países, de primeiro mundo veem o brasil, como um monte de fulaninhos sem eira nem beira que não merecem se quer a sua consideração. É por isso que o Brasileiro é visto lá fora como fútil, por causa de pessoas como você que julga os outros pelo que tem e não pelo que são. Mas infelizmente o mundo está cheio de pessoas como você. Ah... É verdade, a Paulina so usava rosa, mas era chique de doer, enquanto a Paola era uma p.. sem classe que nunca conseguiu o que queria atravez do seu esforço porque era burra demais pra isso, assim como Raquel (a irmã gêmea da Ruth) que sozinha só conseguia o estúpido do Vanderlei e pra subir na vida teve que se passar pela irmã e roubar o namorado dela, pela forma que muitas, ricas e pobres utilizam hoje em dia, na cama.

 
Nossa TPM é sempre aguda! © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina