18/08/2009

Trate Por Merecer

*por Flora Pereira (A Favorita)

Eu sei, eu sei... as malvadinhas aqui deixaram o blog de lado. :(
Acho que foi culpa do tempo cinza (que apesar de eu adorar, me deixa um tanto preguiçosa), sem falar que os dias estão cada vez mais agitados. É gente, essa vida de "pré-adulto" não é fácil.

E dá-lhe "blábláblá"... é tanta gente falando ao mesmo tempo, que fica impossível entender alguma coisa! É tanto desespero e correria que no final das contas nada dá certo, tudo porque as pessoas são apressadas demais. Têm aqueles que não sabem conversar, e daí GRITAM. Têm aqueles que não sabem pedir e daí MANDAM. É tão mais fácil descontar a frustração de ser uma pessoa insignificante em quem está perto, em quem é "menor", que as pessoas não se tocam das cagadas mancadas que cometem diariamente. E depois ficam se perguntando "oh céus, por que isso acontece comigo?"

Quer saber, acho que tudo (ou quase tudo) que nos acontece, acontece porque a gente deixa. Tá namorando com um cara que te trata mal e/ou te trai? É porque você escolheu isso pra você. Sua amiga está sendo falsa e pisando na bola com você? É porque você é bunda mole banana demais pra chegar na cara dela e falar que você não está gostando das atitudes da dita cuja. Seu chefe te explora? É porque você é medroso (a) e não tem a capacidade de falar sua opinião pra ele. Já dizia a minha mãe: "quanto mais a gente se abaixa, mais a bunda aparece.".

E depois de tanto quebrar a cara e chorar ao deitar minha cabeça no travesseiro, HOJE eu sei que tudo está relacionado com a CONVERSA.

Conversem com seus pais, irmãos, amigos, com seu namorado e com seu chefe. Não aceite injustiças, pois tenho certeza que ao chegar em casa você vai se lembrar do acontecido e vai pensar "puta merda droga, porque eu não respondi?" e não vai conseguir dormir. Responda de forma sensata e principalmente educada. Tenha sua razão e não deixe as pessoas te tratarem mal, pois o único prejudicado é aquele que é feito de capacho e quanto mais você ficar quieto, mais os folgados vão pisar em você.

Eu acho que esse medo de conversar é a falta de argumentos que se transforma em covardia. Alguns ficam quietos pensando "mas eu não gosto de discutir", ok ok, eu também odeio discussão, mas CONVERSAR não é discutir. Se a pessoa que te tratou mal é estressada demais e acaba se alterando, o melhor é deixar a poeira baixar e depois dizer tudo o que você pensa. E quando estamos errados, o certo é ASSUMIR. Pedir desculpas e se conscientizar de que não deve cometer os mesmos erros, pois errar é humano, mas insistir no erro é burrice.
Defendam-se! Caso contrario, eu vou ter que me meter!

*Flora é graduada em matéria de mentira. É invejosa e sonha em se tornar parte da família Fontini para meter as mãos na grana deles. Na verdade, ela gosta mesmo é de pisar nas pessoas para conseguir o que é delas. Mata o marido da irmã de criação, finge ter um filho do coitado e se faz de injustiçada. Não sabe o que é educação e muito menos sentimento. É malvada até mesmo com seus comparsas e amigo Silveirinha e amante Dodi. E claro, é um sucesso só cantando "Beijinho Doce". (e ai de quem não bater palma, hunf ¬¬)

16 comentários:

Ju disse...

Concordo plenamente, com tudo!!

Não tenho nem o que dizer!

Bjos

DESASSOSSEGADA disse...

Alguns anos atras engoli cobras e sapos por medo de falar o que pensava, de uns 8 anos pra cá tudo eu argumento se eu errei ok errei assumo se não fui eu se a culpa não é minha me defendo com unhas e dentes, não deixo ninguem levar a culpa ou os meus meritos brigo insisto bato o pé e pronto chego em casa deito e durmo não fico mais remoendo mesquinharias ou me culpando por nao ter dito isso ou aquilo... Logico que as vezes eu me arrependo do que faço mas não saberia mais ficar calada principalmente com injustiças.

Belo post parabéns

Irmãs disse...

Ótemo, Ótemo, OOOOTEMO ... eu queria ter lido este post há 3 anos atrás! Tudo o que nos acontece é certamente por algo que não queremos - não queremos deixar de sermos BOAZINHAS, LEGAIS, EDUCADAS E BANANAS.

Bóra sermos fortes e encarar a vida de frente!

Beijos!

Sah

Obrigada por copiar o nosso selinho!

Dama de Cinzas disse...

Na verdade meu segundo recurso é conversar, o primeiro é amarrar a cara... eheheh

Beijocas

Rê :) disse...

Ai concordo plenamente, as coisas terem que ser ditas, faz bom pra ele e nos livra de doenças psicosomáticas, hehehehe!

Bjos e valeu pelo apoio, se souber de algo com a amiga enfermeira me avisa! Hoje de manhã eu notei que o cisto diminuiu um montão, vamos ver no que dá!

;)

Patricia Daltro disse...

Foram necessários muitos anos para aprender essa lição. Hoje, não engulo sapo. O que tenho que falar, digo na lata. De maneira educada, mas falo. Levar desaforo para casa, só traz dor de cabeça e doenças.
Bom o post.

Beijos

Irmãs disse...

Meninas ... me ensinem a passar este traço em cima das palavrinhas? Por favor, desenhem, se possível ( risos )

Beijos!

Sah

Liana disse...

pura verdade. A gente só é tratado de determinada forma se deixarmos, e aí cabe a nós escolher como queremos q nos tratem.
E conversa não é discussão.

E pedir desculpas é tudo... aliás, sobre aquele post q vc comentou q tinha escrito este sobre + ou - o mesmo assunto, conversei ao vivo com meu amigo já, tá tudo melhor que bem =)

Desabafando disse...

adorei seu texto...concordo plenamente, às vezes ficamos engolindo sapos, frustrações, mas basta sentar e conversar pra ver que não é nada daquilo e que tudo pode ser um pouquinho melhor....já tive chefe que gritava comigo (não que eu fizesse algo errado mas porque ele era muito nervoso e estressado), hoje não permitiria isso nunca....eu trato todos com respeito e exijo o mesmo pra mim! U

Vennus DeMillus disse...

E quem já não abaixou tanto até a bunda ficar visivel para os chutes...Tenho comigo que é uma forma de não se confrontar,tb daquele tempo de criança que se "vc for bonzinho o papai noel tráz o presente", é meio por influência...Acabamos nos tornando bananas, com a crença que foi educação...

É triste.
Não saber se impor, é muito triste. Soa como falta de personalidade...

Beijokas

Rê :) disse...

Nem me fale... no meu caso é "maria-palheta" porque namorado é um dos guitarristas... tem casa uma que me aparece nos shows que "voticontá" hahahahaah!

Que bom que gostou!

E não desapareçam, pois adoro ler os post's de vcs.

Bjos ;)

PS: não faço parte do clip não... fiquei só nos bastidores, hahahaha!

Irmãs disse...

Meninas, tem 3 selinhos novos pra vcs no Coisas!

Beijos!

Obrigada por me ensinarem a fazer o tal traço nas palavras! Adorei!

Elinha disse...

Oi

tem 3 selinhos pra vc lá no blog.
se vc já tem, parabéns!
se não vem com muito carinho!!!
xero!

Sà-lamandra disse...

Tem selinho pra vocês!

Sà-lamandra disse...

Tava precisando desse reforço, ando mordida com duas pancadas no cabeçote que levei. Vivo sempre negando os defeitos de carater de meus amigos, essa de Madre Teresa anda me cansando, No fim ainda tenho que ficar a mercê da cruel desumanidades dessas pessoas que querem mais do que serem infelizes e medíocres, querem saciar a fome da inveja em cima de quem num dá muita bola pra miséria humana, tenho sim, compaixão. Meu problema talvez seja que enquanto cega para continuar amando-os, eu falo de Verdades, das minhas e das deles, talvez isso eles nunca engulam.
Deixa que eu só cresço com isso, a dor é enorme, principalmente pela constatação da nada valia, mas ele me inflama uma raiva construtiva, de continuar quem sou e eles sem jamais saberem o quanto medíocres o são.
Beijos meninas!

PS:Falo tanto pra toda gente e esqueço de me ouvir.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Estou vivendo a situação de engolir sapos atualmente, com medo de perder o emprego, todo dia minha chefe me dá uma bronca, disse que eu pergunto as mesmas coisas pra mim 50 vezes por dia, o que não é verdade, ela fala sem ninguém perguntar e ela sempre acredita no que os candidatos falam, e não em mim, que sou funcionária da empresa, mas já perdi um emprego por causa do meu estágio obrigatório da facu, n posso perder outro, então, até dezembro, muita água, pra n engasgar com os sapos.

 
Nossa TPM é sempre aguda! © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina