15/10/2009

Tendência Própria de Menina

* por Amelinha Mourão (Coração de Estudante)

Antes que uma de minhas queridas amigas tepeemísticas resolva falar sobre o meu jeito de encarar a realidade, eu vou fazer isso primeiro.
Por que sinceramente acho que os acontecimentos de nossa vida devem ser encarados com bom humor. E como já dizia o nosso querido Evandro Daolio, "Ria Da Minha Vida Antes Que Eu Ria Da Sua". Vamos lááá!

Na vida todo mundo tem problemas e fases um tanto quanto filhasdaputa "trashs". Eu acabei de passar por algumas delas. Ainda estou passando, na verdade, porém, estou quase curada. Não vou especificar o tipo de problema, até mesmo porque, a minha reação estúpida é praticamente a mesma para todos (variando somente a intensidade).

Eu confesso: sou como a porra de um download de internet discada. Sim! Eu fico mal (ok, normal!), mas me recupero diferente das pessoas normais. Eu me recupero por etapas e às vezes digo às minhas amigas que "estou quase 100%", o que fez uma delas me questionar: "Como assim? Você melhora 14,5% ao dia e até o próximo final de semana você estára 100%???"
Explico: a média de porcentagem avançada (ou regredida) ao dia depende principalmente da minha reação frente às situações impostas pelo meu dia-a-dia (ou por algumas pessoas que deveriam voltar para o inferno).

Por várias vezes me obrigo a recusar convites de sair por medo de ser repetitiva e acabar cansando as pessoas (porque pra rezar ninguém me chama, né?!). E vamos combinar, não existe nada pior do que uma pessoa que parece um disco furado só fala sobre a porra do mesmo assunto. Todo mundo se estressa, inclusive eu, quando a pessoa em questão não sou eu mesma. Mas, como tenho semancol boa samaritana que sou, prefiro me privar de boas companhias do que cansa-las dizendo as mesmas babaquices abobrinhas. E é exatamente nessas fases que eu me esforço para evitar o nosso amigo e companheiro "álcool", pois ele exerce um poder destrutivo contra a minha reputação e me faz ficar muito mais sem noção do que já sou.

Mas, o mais interessante de se passar por fases trashs na vida é que provavelmente você estará rindo dessas coisas daqui uns tempos. E o melhor de tudo é quando você percebe que tem amigas que conseguem te fazer rir mesmo durante o processo de querer morrer tortura. Mesmo que seja zuando com a sua cara. OBRIGADA, Amigas!!

*Amelinha tinha espiríto de adolescente. Se considerava a dona da razão, era mimada ao extremo e ficava indignada quando as coisas não aconteciam como ela queria. Gosta mesmo é de um drama e de um barraco, tentava conquistar o filho de seu amado e queria por queria arrastá-lo para o matrimônio, mas escondida vivia dando pro peão gatérrimo da fazenda de seu pai.

17 comentários:

Desabafando disse...

Eu tb tenho fases em que me sinto assim...e que não estou tb nos meus 100%, acho que isso é normal. espero que vc melhore logo!

Vennus DeMillus disse...

Menina, tu não é a unica a agir assim...Qdo fico down, tb me afasto, não gosto de ser urubu na vida de ninguém, e nada como admitir pra nós mesmas, que naquele momento (não quer dizer sempre), NÓS NÃO SOMOS BOAS COMPANHIAS...

Um dia de cada vez...

ENORME beijo

Dama de Cinzas disse...

Eu sempre digo pros meus mais chegados, que quando estou mal eu fico "ostrando", ou seja, entro numa ostra e só saio de lá quando volto a ser uma pérola brilhante... E é assim mesmo, quanto pior eu estiver, mais calada e enfiada dentro de casa estarei... Já é da minha personalidade...

Menina achei tão interessante vc achar o vídeo que coloquei no meu post uma graça. Vc é uma pessoa diferente mesmo...

Beijocas

Irmãs disse...

Vc tem razão quando diz que um dia vamos rir das nossas desgraças. Eu já passei por tanta coisa e tô viva - e dando risada. Nada melhor do que o tempo para curar as feridas, mas conte com as suas amigas - elas sempre terão um ombro e uma palavra, mesmo que vc se torne repetitiva.

Beijo Grande!

Sah

Liana disse...

pois eu adoro rir das minhas desgraças depois q elas passam. É a melhor coisa a fazer.

as viciadas disse...

sou igualzinha. prefiro rir logo de mim antes que alguem venha e ria, porque quando to assim, sou digna de risadas. haha

'E é exatamente nessas fases que eu me esforço para evitar o nosso amigo e companheiro "álcool", pois ele exerce um poder destrutivo contra a minha reputação e me faz ficar muito mais sem noção do que já sou.'

nossa, se vc nao tivesse escrito isso, eu teria.

bjone, L.

Letras Saltitando disse...

HAHAHAHAHAHAHHAHAH super me identifiquei!
"E vamos combinar, não existe nada pior do que uma pessoa que parece um disco furado só fala sobre a porra do mesmo assunto." Concordo totalmente, tem vezes que é melhor a gente ficar em casa do que pagar mico.

O creme noturno funcionou, deixou o cabelo bem macio e sedoso, só não sei se é algo totalmente nutritivo pro cabelo porque hoje de tarde fui pra natação novamente e fudeu-se o meu cabelo!

bjos

Marcinha disse...

amiga...

tudo é trágico , até se tornar cômico , e certamente voçê ainda vai rir muito das próprias desgraças ...
mas olha só... não se isola por muito tempo não , aproveita os momentos solitários e reflexivos, mas não deixe de aproveitar a companhias das fiéis escudeiras que comentou no post.
bjussssss

Diário de Solteiras disse...

Menina, nos também somos assim, o/.
Nos recupeamos, assim, com o passar do tempo e com boas saideras...
huhauhauhauah. Melhoras, tá?!

Sà-lamandra disse...

Eu concordo contigo, aliás na verdade não existe mágica, tu catuca a vareta de condão na bunda e plimplim, fica boa! Isso é o pior dos auto-enganos da vida, tem mais que curtir fossa, ficar sentindo a dor pra quando fir indo, num sobrar nem um tico, você gastou toda, viveu, cabou. E eu também sou de ficar na minha, além do disco furado, só muito amiga mesmo pra te aguentar, tem a coisa da maioria não te compreender, reage diferente, tem valores distintos e tu fica ali falando pro vendo, o outro só emprestando a orelha, aí é perda de tempo e saliva.
Beijokas

Páginas da minha vida disse...

todo mundo é um pouco assim.tem dias tb que não estou 100% e também , evito sair.Afinal, é chato à beça, ficar ouvindo problemas dos outros.

bom final de semana,

bjs

Leite disse...

pois é, por momentos ruins todo mundo passa na vida. A diferença está justamente em como se passa.
Se temos pessoas ao nosso lado, para nos apoiar e suportar.. opaaa. nenhum poço é tão fundo assim!

Desabafando disse...

TEm selinho pra vc no meu blog! Passa lá. BOm fim de semana!

Lolla...doida varrida! disse...

seu blog é mara. já tô seguindo.
passa rapidinho lá no meu tombemmm
bjusss

graziela disse...

Sou exatamente assim: e como a conexão discada, quando tu pensa que está quase, cai! Tanto quanto a ju, se tu não tivesse escrito, eu escreveria. Como é que tu conseguiu roubar meu pensamentto assim, na calada da noite e eu não percebi? eheheh

adoro o blog, tanto que dediquei o selo que ganhei.

bjos, e deixe que riem de mim, desde que eu esteja junto, é claro...

disse...

Nunca fui ao paraguay, mas morro de vontade!
bjos e boa semana!!!

disse...

Pois é... tomara que a pessoa tenha um monte de perebas com meu creme manipulado, aff!!!

bjos

 
Nossa TPM é sempre aguda! © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina