25/10/2009

A famosa traiçoeira: auto-estima.

Taís (Paraíso Tropical)

Vamos falar dela, a auto-estima.
A auto-estima e suas falcatruas, suas diversas maneiras de aparecer, desaparecer.. explodir e virar cinzas dentro da gente.

Nunca fui exatamente o tipo de pessoa que tem uma SUPER INDESTRUTÍVEL auto-estima, tenho meus momentos.. na maior parte deles, eu não lembro que ela tem um papel muito importante na minha vida.. quando sinto ela, fico feliz.. nos dias que sinto que ela saiu sem ter hora pra voltar, me sinto mais triste.

A mulher e sua eterna busca pela satisfação com o próprio corpo.. sempre me preocupei e tentei me cuidar da maneira que pude, principalmente depois de perceber que chegando a certa idade, eu não tinha mais facilidade pra emagrecer como antes e diferente de quando eu tinha 19 anos, não estou nem um pouco afim de engordar, qualquer 500 gramas a mais, já é o fim.

Fiz academia, caminhadas, regimes.. e todo esse blá blá blá de mulher que é um pé no saco, eu não sou a pessoa mais disciplinada do mundo, mas tentava, no meu limite, seguir tudo á risca.
Eis que cansada de todos esses métodos, iniciei um tratamento estético. Aí eu pude perceber: mulher é louca e sofre.

Primeiro é um aparelho louco puxando sua pele, sugando sua gordura. Depois te colocam dentro de uma coisa que parece um saco de dormir, que esquenta, esquenta e esquenta.. como se tivesse tacado alcool em você, jogado um fósforo, e te deixaram lá queimando. E o carbox? Ok, não foi dolorido como todo mundo diz.. mas, não é agradável levar agulhadas na bunda e sair do consultório com a bunda inchada e vermelha. Mas, estou feliz! Já perdi alguns quilinhos e uns centímetros de medidas.. e várias outras coisas que no momento me incomodam, pretendo perder também.

Mas é aquela coisa né.. não é porque eu passei na frente de uma construção, e todos os presentes do sexo masculino mexeram comigo, que eu vou me achar a protagonista das pussy cat dolls.. sou exigente demais comigo mesma, preciso de foco e preciso de soluções.
Cortei os doces.

Isso foi sofrido.. e ainda está sendo, digamos... mas é necessário, não tenho mais idade pra comer duas barras de chocolate no mesmo dia, isso é fato.
Mas meus hábitos alimentares estão bem melhores, me sinto feliz com isso.
Não deixem meninas, que a auto-estima traiçoeira brinque com vocês! Ação no que te incomoda! Foco! Foco!

14 comentários:

Desabafando disse...

Muito bacana o post...minha auto-estima também parece um carrinho de montanha russa, entre altos e baixos...rsrsrs...mas estou aprendendo a melhorar o que me incomoda e valorizar aquilo com o qual estou satisfeita. Nunca tentei nenhum desses tratamentos estéticos mas se isso te faz feliz, que siga adiante e depois conte os resultados pra gente.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Ai amiga, estou precisando urgentemente destes tratamentos estéticos, mas já está tudo programado, assim que arrumar emprego vou correndo para uma clinica, voltar pra academia acho que n vai dar, falta de tempo mesmo, ainda mais com o TCC, cortar os doces é sofrido, mas a cervejinha do fds é que me pega mais, me faz relaxar tanto, e n posso mais, enfim né...
Senti falta do comentário ao lado da foto de Taís.

as viciadas disse...

isso é ser mulher.


p.s.preciso urgente desses tratamentos, e cortar doces.


L.

Liana disse...

Um os 1ºs posts que acho q discordo, se não for o 1º.

Tratamento estético? Totalmente contra gastar dinheiro com estas coisas e fazer dieta. Totalmente a favor de comer bem, o q quiser (o q não significa comer como uma 'vaca') e totalmente a favor de sempre ter algum exercício físico na agenda. Uso até hj calças jeans q eu usava aos 18 anos, elas cabem ainda (estou com 32 anos), e eu jamais fiz qq coisa, a não ser comer normalmente cometendo excessos quando quiser e fazer exercícios. Ah, claro, a cervejinha é sempre bem-vinda.

Não é um chamado às mulheres pra não e cuidarem, sim pra não ficarem neuróticas. Se vc faz exercícios sempre, é desnecessário gastar dinheiro com tratamentos(até pq, depois q parar o tratamento volta tudo ao q era antes), além do fato de q fazer exercícios é mais saudável.

Sei lá... a genética me ajudou bastante, mas eu sou muito tranquila e não estresso om uma ou outa ceulite q apareça (e elas aparecem bem menos quando vc tem mais músculos q gordura no corpo - músculos vêm com exercícios).

Kátia Ruivo disse...

tem selinho pra vc!

bjs

Dama de Cinzas disse...

"Não deixem meninas, que a auto-estima traiçoeira brinque com vocês! Ação no que te incomoda! Foco! Foco!"

É o meu lema, sempre!

Beijocas

TPM Aguda disse...

Assim como a Liana, a genética me ajudou bastante, pois as roupas que eu usava qdo estava no ginásio ainda me cabem (eu não as uso pois elas estão só o fiapo, depois de 8-9 anos). HDIOSAHDOAHSOID

Mas, infelizmente a genética esqueceu que eu nasci mulher e que precisaria de bunda e peitos. Tsc tsc.. qto aos peitos, eu já dei um jeito e coloquei silicone.. para a bunda está sendo mais difícil, mas já entrei na academia e pretendo dar um jeito.

Acho que devemos gastar dinheiro com o que nos traz resultados satisfatórios. Sem peso na consciência. Como vc disse, amiga tepeemística, foco é essencial. Mas por favor, não nos abandone na cervejada das garotas, ok?!

:D
beijo
vc-sabe-quem

Eu sou o GOOGLE disse...

Ai, sabes TPMMMMMMMMMMMMM, eu to com TPM, no vendaval (leia no blog, logo, o cumulo da auto-estima), estou convencida, que sou uma filha da puta convencida, prepotente, vaidosa de merda, que não tem paz de espirito por isso.

bjs

Blogterapia disse...

ai ai ai amiga
Teu post leu minha mente , eu sou exatamente assim como tu ...
Minha auto estima nunca está estável , ela vai de zero a cem em 5 minutos...
Eu vivo de dieta , e faz duas semanas que estou fazendo uma dieta de uma nutricionista (dieta dos pontos ) voçê calcula tudo o que come e anota , no fim do dia soma e tudo e ve se conseguiu ficar dentro dos pontos que precisava ...,
enfim é uma eterna busca para emagrecer uns quilinhos ...
mas eu entendi só agora diga-se de passagem que preciso verdadeiramente mudar meus hábitos alimentares , por que afinal não é só estética , mas saúde principalmene ...
enfim determinação essa é a chave amiga
bjussssssss e parabéns pelo post !!

Páginas da minha vida disse...

acho que todo mundo tem seus momentos de alta e baixa auto- estima.o que posso dizer, é que é ela quem move a minha vida e acredito que as dos outros tb.uma pessoa sem auto-estima, não nada!

ótimo post ^^

bjs

Tatiane Trajano disse...

Ai ai..
Ser mulher não é nada fácil.
Ainda mais quando a rede midiatica "diz" que mulher bonita é assim, ou é assado.

¬¬

Então pra quem quer, FOCO!
;)

Sà-lamandra disse...

Ahhhhhhhh, quem tem auto-estima na medida certa?
Isso é idealismo e teoria, somos um processo de experiências que vão nos mostrando resultados, começamos a partir do que nos dizem ser certo e errado, bonito e feio, depois vamos construindo a nós mesmo frente aos nossos valores. Infelizmente a sociedade massacra, a insegura é natural e precisamos ser amados e reconheidas, portanto, a insatisfação é a mola-mestra pra gente poder se mexer, mas que seja pela gente qualquer sacrifício e que exista um respeito pelo corpo, saúde e pelo nosso próprio limite, seja emocional, físico, de idade.
Beijos

Sà-lamandra disse...

Tem selinhos procês no Miserentas.

Leite disse...

aii nem me fale.. vivo numa eterna lut6a coma balança.
mas não podemos desistir.
a auto-estima elevada é essencial a todas as mulheres, e temos que dar o nosso melhor em busca disso, a autosatisfação compensa todos os sacrificios..

 
Nossa TPM é sempre aguda! © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina