12/03/2010

Pensando muito sobre tudo...

Nossa, cheguei a tossir com a poeira agora.. meio abandonado isso daqui, né? Confesso que relaxei (não só eu, as companheiras também, mas acho que tenho grande parcela de culpa nisso.)
O que me trás aqui não é nenhum episódio ridículo presenciado em balada, bares e afins (apesar de ter presenciado muitos no último fianl de semana), nem nenhuma pessoa ridícula que eu conheço, conheci ou ouvi falar.. o que me trouxe aqui foi.. eu.. eu mesma.
Toda mulher tem seus momentos de refletir.. de pensar sobre tudo.. toda mulher tem aqueles dias (não só na TPM) em que quer abraçar o mundo, ou então matar todos que o habitam.. e toda mulher tem seus dias felizes, dias tristes, dias em que se sente sozinha.
Eu estou vivenciando, desde que voltei de férias, dias em que me sinto sozinha, e apesar de ser uma pessoa que nunca teve problema nenhum com a solidão, eu sinto que estou tendo.
Sinto que estou tendo porque tenho vontade de sair pra conversar.. conversar sobre qualquer coisa, dar risada.. descontrair, ou mesmo ficar sem fazer nada, mas ultimamente eu venho percebendo que não tenho companhia para esses momentos.
As pessoas estão muito ocupadas vivendo momentos de suas vidas, todo mundo é incapaz de sair de um momento desses só pra ir na sua casa te dar um "alô", ou ir no barzinho da esquina com você, simplesmente porque você não está se sentindo bem, ou precisando conversar.. ou sei lá.. o único final de semana que você tem companhia, que você vai sair com pessoas que você gosta, seu namorado fode com seu psicológico.. justo seu namorado, que no momento é a companhia que você mais adora, é a pessoa que você mais ama, é a que você gostaria que estivesse ao seu lado em todo em qualquer momento, e uma das únicas pessoas que você ainda sente 100% de afinidade, e que pra completar, está LONGE de você, o que faz você se sentir mais sozinha ainda.. e além de sozinha, teve o único final de semana com pessoas que você gosta e estavam disponíveis pra você, fodido pelo seu namorado, o cara que você adora tanto.. e o único, de todos os namorados que você teve, que você REALMENTE adora.
Aí, você pode até achar que alguma coisa no meio disso tudo, é culpa sua.
De fato, tem muita coisa no meio disso tudo que é culpa sua.
Mas o que foi mesmo que você fez de tão errado? Talvez tenha se chateado demais por perceber que as pessoas não tem pra você a mesma disponibilidade que você tem pra elas.. e que elas priorizam coisas na vida que você também deveria priorizar. Que aquela amiga que sofria por causa que o namoro não dava mais certo e te procurava sempre, agora não te procura tanto, porque fez as pazes com o namorado.. dentre outras situações.. isso é só um exemplo.
Você percebe que não é tão querida.. e não se sente amada (por mais que seja, não recebe demonstrações disso) e se sente deixada de lado.. por todo mundo que você gosta, e que você prioriza.
Pensando em tudo isso, ontem eu percebi que a felicidade existe sim.. ela existe. Existem pessoas felizes, que tem momentos tristes.. e pessoas tristes, que tem momentos felizes.. infelizmente me encontro no segundo patamar.
Provavelmente devo ter embrulhado coisas que eu sinto em papéis de presente.. mas esse ano, não tiveram muitas pessoas interessadas em abrir o que eu embrulhei.
Eu sei, eu tenho meus defeitos.. minhas crises.. e muitas vezes fico me perguntando se me falta paciência pra aturar coisas dos outros.. coisas que eu não faria, e que justamente por isso eu não consigo compreender.
Hoje não tem vilã, então não tem foto, nem descrição, porque eu não tenho identidade a revelar.
Bom final de semana.

6 comentários:

Desabafando disse...

Me identifiquei tanto com suas palavras que vc nem tem ideia. Já me senti assim infinitas vezes, as pessoas só me procuravam quando precisavam até que passei a perceber que talvez eu tivesse que rever minhas amizades e as pessoas com as quais me relacionava. Passei a me valorizar mais, a ficar melhor comigo mesma e me cercar de pessoas com as quais posso trocar confidências e conversas. Meu último post até foi sobre isso. E sim, a culpa era minha por esperar demais de quem simplesmente não tinha nada a me oferecer, nem amizade sincera.

Espero que vc fique bem e que essa fase passe logo.

disse...

guria, que saudade daqui!
seculos sem atualização!

e tenho andado assim ultimamente, portanto, não vou nem falar muito... heheheeh!

pô, não abandonem a gente não!

bjos e bom findi

Accácia disse...

Acabei de chegar de para quedas aqui e gostei muito do que li!
Vou acompanhar de perto!
beijo!

Irmãs disse...

Vcs não podem parar não ... Vâmo animando isso aqui hein?

Jean Grey disse...

Ei, não sumam! O blog é mara! Bjos.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
TPM, certa vez uma amiga confessou-me que era o mesmo que:

Tenho
Perereca
Motivada

Será? Tenho post recente sobre este tema, talvez te interesse.

Bjoooooo

 
Nossa TPM é sempre aguda! © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina